April 4, 2014
  • Lucas Simões

Mariana Carvalho

A piloto feminina da Macominho Sport tomou o gosto desde muito cedo. Com influências vindas de um tio e do seu pai que desde sempre se encontraram em competição automóvel. Mariana teve oportunidade de observar de perto provas de OFF-ROAD, Rallies e todo terreno.

Aos 10 anos, experimenta pela primeira vez um karting, deixou de parte as provas oficiais mas praticou a modalidade durante vários anos.

A primeira experiência num carro de ralli acontece aos 24 anos da piloto. Em Outubro de 2008 José Janela (navegador) faz o empréstimo do seu Suzuki Ignis que dá a oportunidade a Mariana Carvalho de participar na Super especial da Póvoa de Varzim, uma prova bem realizada e apreciada pela piloto. A participação na super especial levou à compra do carro e à abertura dos horizontes de Mariana que em 2009 inicia a participação no Campeonato Open Ralis. A escolha do navegador foi a etapa seguinte, que terminava com Filipe Martins experiente na área.

O primeiro rali que fez foi o Rali de Famalicão, era um rali de terra, o tipo de piso mais difícil na opinião da piloto.

O primeiro rali a contar para o Campeonato Open de Ralis foi o Rali de Barcelos, rali de asfalto. Este rali marcou a piloto como podemos verificar pelas palavras da piloto “Adorei este rali, pelos troços que tinha que eram todos diferentes uns dos outros e pelo imenso público que tinha a ver o rali. E mesmo assim nós eramos o último numero e tínhamos muita gente a apoiar-nos.”

Em 2010, dá-se a aquisição de um Peugeot 206 GTi, seguindo para a participação na mesma no campeonato open de ralis mas inseridos no Troféu Modelstand, este troféu. Era um troféu de Peugeot’s 206 GTi no qual é necessário obedecer a regras impostas pelo organizador do troféu.

Em 2012, foi o ano da mudança, surge a equipa feminina da MacominhoSport, com o convite a Alexandra Santos para navegadora. A experiência da co-piloto tornou-se uma mais valia para a evolução da piloto e da própria equipa pelas duas formada.

Em 2012 e 2013 sagraram-se campeãs femininas no Open de Ralis.

Em 2014 decidem fazer uma curta pausa nos ralis, estando atualmente a preparar a época de 2015.